domingo, 25 de dezembro de 2011

Mensagem de Natal do Papa Bento XVI

Amados irmãos e irmãs de Roma e do mundo inteiro!
Cristo nasceu para nós! Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens do seu agrado: a todos chegue o eco deste anúncio de Belém, que a Igreja Católica faz ressoar por todos os continentes, sem olhar a fronteiras nacionais, linguísticas e culturais. O Filho da Virgem Maria nasceu para todos; é o Salvador de todos.
Numa antífona litúrgica antiga, Ele é invocado assim: «Ó Emanuel, nosso rei e legislador, esperança e salvação dos povos! Vinde salvar-nos, Senhor nosso Deus». Veni ad salvandum nos! Vinde salvar-nos! Tal é o grito do homem de todo e qualquer tempo que, sozinho, se sente incapaz de superar dificuldades e perigos. Precisa de colocar a sua mão numa mão maior e mais forte, uma mão do Alto que se estenda para ele. Amados irmãos e irmãs, esta mão é Cristo, nascido em Belém da Virgem Maria. Ele é a mão que Deus estendeu à humanidade, para fazê-la sair das areias movediças do pecado e segurá-la de pé sobre a rocha, a rocha firme da sua Verdade e do seu Amor (cf.Sal 40, 3).
E é isto mesmo o que significa o nome daquele Menino (o nome que, por vontade de Deus, Lhe deram Maria e José): chama-se Jesus, que significa «Salvador» (cf. Mt 1, 21; Lc 1, 31). Ele foi enviado por Deus Pai, para nos salvar sobretudo do mal mais profundo que está radicado no homem e na história: o mal que é a separação de Deus, o orgulho presunçoso do homem fazer como lhe apetece, de fazer concorrência a Deus e substituir-se a Ele, de decidir o que é bem e o que é mal, de ser o senhor da vida e da morte (cf. Gn 3, 1-7). Este é o grande mal, o grande pecado, do qual nós, homens, não nos podemos salvar senão confiando-nos à ajuda de Deus, senão gritando por Ele: «Veni ad salvadum nos – Vinde salvar-nos!»
O próprio fato de elevarmos ao Céu esta imploração já nos coloca na justa condição, já nos coloca na verdade do que somos nós mesmos: realmente nós somos aqueles que gritaram por Deus e foram salvos (cf. Est (em grego) 10, 3f). Deus é o Salvador, nós aqueles que se encontram em perigo. Ele é o médico, nós os doentes. O fato de reconhecer isto mesmo é o primeiro passo para a salvação, para a saída do labirinto onde nós mesmos, com o nosso orgulho, nos encerramos. Levantar os olhos para o Céu, estender as mãos e implorar ajuda é o caminho de saída, contanto que haja Alguém que escute e possa vir em nosso socorro.
Jesus Cristo é a prova de que Deus escutou o nosso grito. E não só! Deus nutre por nós um amor tão forte que não pôde permanecer em Si mesmo, mas teve de sair de Si mesmo e vir ter conosco, partilhando até ao fundo a nossa condição (cf. Ex 3, 7-12). A resposta que Deus deu, em Cristo, ao grito do homem, supera infinitamente as nossas expectativas, chegando a uma solidariedade tal que não pode ser simplesmente humana, mas divina. Só o Deus que é amor e o amor que é Deus podia escolher salvar-nos através deste caminho, que é certamente o mais longo, mas é aquele que respeita a verdade d’Ele e nossa: o caminho da reconciliação, do diálogo e da colaboração.
Por isso, amados irmãos e irmãs de Roma e do mundo inteiro, neste Natal de 2011, dirijamo-nos ao Menino de Belém, ao Filho da Virgem Maria e digamos: «Vinde salvar-nos»! Repitamo-lo em união espiritual com tantas pessoas que atravessam situações particularmente difíceis, fazendo-nos voz de quem a não tem.
Juntos, invoquemos o socorro divino para as populações do Nordeste da África, que padecem fome por causa das carestias, por vezes ainda agravadas por um estado persistente de insegurança. A comunidade internacional não deixe faltar a sua ajuda aos numerosos refugiados vindos daquela Região, duramente provados na sua dignidade.
O Senhor dê conforto às populações do Sudeste asiático, particularmente da Tailândia e das Filipinas, que se encontram ainda em graves situações de emergência devido às recentes inundações.
O Senhor socorra a humanidade ferida por tantos conflitos, que ainda hoje ensanguentam o Planeta. Ele, que é o Príncipe da Paz, dê paz e estabilidade à Terra onde escolheu vir ao mundo, encorajando a retoma do diálogo entre israelitas e palestinianos. Faça cessar as violências na Síria, onde já foi derramado tanto sangue. Favoreça a plena reconciliação e a estabilidade no Iraque e no Afeganistão. Dê um renovado vigor, na edificação do bem comum, a todos os componentes da sociedade nos países do Norte da África e do Médio Oriente.
O nascimento do Salvador sustente as perspectivas de diálogo e colaboração no Myanmar à procura de soluções compartilhadas. O Natal do Redentor garanta a estabilidade política nos países da região africana dos Grande Lagos e assista o empenho dos habitantes do Sudão do Sul na tutela dos direitos de todos os cidadãos.
Amados irmãos e irmãs, dirijamos o olhar para a Gruta de Belém: o Menino que contemplamos é a nossa salvação. Ele trouxe ao mundo uma mensagem universal de reconciliação e de paz. Abramos- Lhe o nosso coração, acolhamo-Lo na nossa vida. Repitamos-Lhe com confiada esperança: «Veni ad salvandum nos».


terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Agenda do Catecumenato

Data
Horário
Local
Convidados
Compromisso / pauta
04/12/2011
domingo
Após a missa das 09:00 hs

Igreja
1. Catecúmenos
2. Amigos de fé
3. Equipe
·   Preparação para apresentação a comunidade;
·   Proposta do jejum e oração todas as quartas em intenção do catecumenato;
·   Saber quem tem bíblia (parcelamento da compra);
·   Novena de natal;
·   Lembrar da ajuda no natal das Crianças;
·   Cadastro dos amigos de fé.

10/12/2011
Sábado
A partir de 08:00 hs
Igreja
1. Catecúmenos
·   Natal das crianças
·   Ajudar a distribuir presentes, cestas de natal, cachorro quente etc

11/12/2011
domingo
Na missa das 09:00 hs
Igreja
1. Catecúmenos
2. Amigos de fé
3. Equipe
·   Apresentação dos catecúmenos e amigos de fé na missa;
·   Bíblias
·   Cruzes
·   Papel do Rito

12/12/2011
segunda
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Novena de Natal (1º. e 2º.dias)
·   Equipe: Vilma, Mauricio, Nadir...

13/12/2011
terça
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Novena de Natal (3º. e 4º. dias)
·   Equipe: Marcelo, Mauricio, Nadir...

14/12/2011
quarta
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Novena de Natal (5º. dia)
·   Equipe: Mauricio, Nadir...

15/12/2011
quinta
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Novena de Natal (6º. dia)
·   Equipe: Mauricio, Nadir...

16/12/2011
sexta
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade
·   Confraternização de fim de ano
·   Levar doce ou salgado

18/12/2011
domingo
Após a missa das 09:00 hs

Igreja
1. Catecúmenos
2. Equipe
·   Apresentação de cada catecúmeno
·   Dinâmica do Anjo guarda
·   Atualizar a ficha dos catecúmenos e data de nascimento

19/12/2011
segunda
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Novena de Natal (7º. dia)
·   Equipe: Monique, Vilma, Mauricio, Nadir...

20/12/2011
terça
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Confissão

21/12/2011
quarta
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Novena de Natal (8º. dia)
·   Equipe: Monique, Mauricio, Nadir...

22/12/2011
quinta
19:30 hs
Igreja
Todos da comunidade

·   Novena de Natal (9º. dia)
·   Equipe: Monique, Mauricio, Nadir...

08/01/2012
Domingo
Após a missa das 09:00 hs

Igreja
1. Catecúmenos
2. Equipe
·   Encontro semanal

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Uma manhã especial!

Na manhã de ontem, mais precisamente na Missa das 9h, a comunidade paroquial acolheu os novos catequisandos para o Sacramento da Confirmação – Crisma.
A Crisma significa a confirmação de um compromisso pessoal com Cristo e com a comunidade cristã, efetivado anteriormente pelo Batismo. É a ratificação das promessas batismais efetuadas pelos pais e padrinhos no dia do batismo, é o “sim” adulto a Cristo na Igreja.
Na missa, houve a entrada solene dos candidatos na procissão de entrada, e depois a apresentação de cada crismando através do RICA (Ritual da Iniciação Cristã dos Adultos).
Que Deus dê muita luz e animo aos jovens e adultos nessa caminhada de crescimento na fé da Igreja.
Veja as fotos e os vídeos dessa manhã tão especial!

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Apresentação de novos Crismandos - Iniciação Cristã/Crisma



Na Missa dominical das 9h, no dia 11 de dezembro de 2011, adultos e adolescentes, candidatos ao Sacramento da Confirmação - Crisma, serão apresentados à Comunidade, através do RICA.
Neste período de formação para renovação das “promessas do batismo”, a Comunidade tem um importante papel; acolher verdadeiramente os jovens para que se sintam parte da igreja em sua totalidade.
Por isso, é importante que todos compareçam na missa, que será presidida pelo Monsenhor Luiz Antônio Pereira Lopes, Vigário Episcopal. 
Que o Divino Espirito Santo e o olhar amoroso de nossa Mãe Imaculada abençoem a caminhada de cada jovem, de cada irmão de fé, e dos nossos irmãos catequistas.
Que esse grupo seja um exemplo de fé e de compromisso, motivando outros a fazerem parte desta grande Comunidade, para que juntos possamos construir um Reino que é para todos.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Ordenação Diaconal

No próximo sábado, dia 10 de dezembro, às 8h30, 12 seminaristas da Arquidiocese do Rio serão ordenados Diáconos Transitórios durante a Missa, que será presidida pelo Arcebispo do Rio, Dom Orani João Tempesta, na Catedral Metropolitana, no Centro. A celebração será transmitida pela Rede Vida, WebTV Redentor e pela Rádio Catedral (FM 106,7).
O lema da ordenação será: “Não fostes vós que me escolhestes, mas fui eu que vos escolhi” (João 15,16).
Após receber a oração consecratória, pela imposição das mãos do Arcebispo, os novos Diáconos poderão celebrar batizados, casamentos e dar a bênção litúrgica.

Confira o nome dos 12 novos Diáconos:

• Adriano José Gomes Divino
• Antonio Augusto da Silva Bezerra
• Francisco Fabiano Abreu de Freitas
• Jorge dos Santos Carreira
• Jorge Luiz Vieira da Silva
• Julio Cesar da Silva Santos
• Márcio Ferreira dos Santos
• Michel de Souza Bernardo
• Renan Féres Ferreira
• Rodrigo de Oliveira Dias
• Sidnei Guimarães Correia Junior
• Thiago Azevedo Pereira.

domingo, 4 de dezembro de 2011

Natal das crianças 2011: Seja voluntário!

Sábado que vem, dia 10/12/11, acontecerá  o nosso “Natal das crianças”, uma festa realizada todo final de ano, organizada pela Equipe de Natal de nossa paróquia, e que atende mais de 600 crianças da comunidade e de comunidades vizinhas.
Alguns meses antes do Natal os paroquianos são convidados a apadrinhar uma criança, doando brinquedo, roupa e calçado. Mas, ao longo do ano, a Equipe também faz arrecadações para a realização do evento.
A festa sempre começa com um super lanche para os pequenos, e termina com a chegada do Papai Noel.
Em tempo, devemos lembrar que precisamos de voluntários para ajudar na festa. Quanto mais gente estiver lá para dar uma mãozinha, um beijo, um abraço, um cheiro, um afago, um carinho, melhor!

sábado, 26 de novembro de 2011

Halleluya Rio 2011




Como primeiro grande evento de massa em preparação para a vinda do Papa Bento XVI à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) RIO2013, a Arquidiocese do Rio traz para a cidade o maior evento nacional de música católica: o Festival Halleluya. Com o tema "Solte a sua voz", o Halleluya será realizado nos dias 26 e 27 de novembro, das 15h às 23h, no Parque Quinta da Boa Vista. A entrada será gratuita.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Novo Seminarista da Paróquia



Irmãos:

É com grande alegria que informamos que Rafael Pereira, membro de nossa Comunidade, é o novo Seminarista da Arquidiocese do Rio de Janeiro.
Parabéns, Rafael, que seu caminho seja de muita luz, e que Deus, nosso Senhor e Rei, fortaleça o seu chamado a cada dia.
Turma de Seminaristas do Propedêutico 2012

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Oração do terço


O terço é um meio de salvação dos mais poderosos e eficazes que nos foi oferecido pela Divina Providência. O Rosário soluciona inúmeros problemas, assegura a salvação eterna e antecipa a implantação no mundo do Reino do Imaculado Coração de Maria.


segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Curtindo uma manhã diferente

No dia 05 de novembro a catequese realizou uma manhã diferente com as crianças da nossa paróquia. Padre Vinícius fez a abertura, abençoando o nosso dia.
Contamos com a presença da nossa amiga Dinair, que nos contou uma linda história, fazendo com que as crianças participassem.
Tivemos também a participação do projeto Criança Verde, com as universitárias Ana e Carol que nos mostraram diversas coisas sobre o meio ambiente.
Assistimos a um filme da Turma da Mônica, que falava como cuidar do nossa planeta, preservando o meio ambiente. As crianças fizeram desenhos sobre a natureza.
Houve também uma dinâmica sobre lixo orgânico e lixo extraordinário, onde algumas crianças ganharam brindes. Colocaram feijões nos copinhos para que eles pudessem levar para a casa e ver o que vai acontecendo com o feijão.
Por fim, fizemos um gostoso lanche com refrigerante e cachorro-quente.
Foi uma experiência diferente e muito boa, onde pudemos recordar a campanha da fraternidade e fazer novas amizades.
Com carinho, o nosso muito obrigado à Dinair, Adriana e Carol, que estiveram conosco nessa gostosa manhã.
Catequese 2011

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Irmãos:
Ajude no concurso VOZES DA IGREJA o carioca ROBINHO VENTURA, da Paróquia Nossa Senhora de Bonsucesso de Inhaúma (Bonsucesso), que já se apresentou com uma banda no lindo evento – COLUMBIA É LOUVOR! - realizado em nossa paróquia. Ele merece. Tem um trabalho musical muito bacana!
A votação popular está aberta para a última vaga para o concurso.
Para votar é simples:
VAMOS GARANTIR UMA VOZ DO RIO NO FESTIVAL!
Paz!

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Eduardo Paes sanciona Lei do Ensino Religioso

Um ensino confessional e plural. A partir do próximo ano letivo, as escolas com turno único da rede Municipal do Rio de Janeiro vão começar a oferecer aulas religiosas. O prefeito Eduardo Paes sancionou a lei do Ensino Religioso, na última quarta feira, 19 de outubro, no Palácio da Cidade. O projeto prevê também a criação do cargo funcional de Professor de Ensino Religioso.
A cerimônia contou com a presença da Subsecretária de Ensino, Helena Bomeny, do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, além de outros representantes religiosos, em um clima de confraternização.
Eduardo Paes defendeu a importância da cultura religiosa como conceito básico a ser aprendido na escola. Para ele, os valores de fraternidade e amor ao próximo, presentes nas religiões, são muito importantes para a formação do indivíduo:
— Essa sanção tem função e objeto específicos. Todas as religiões têm em comum o conceito de proteção às famílias e aos valores. Nenhuma religião prega a violência e a luta dos povos. Não estamos impondo a nenhuma criança e a nenhum jovem que tenha fé, que siga credo nenhum. Ao contrário, a gente quer que aquele que tenha seu credo, sua crença, que ele possa aprender os valores e os conceitos mais básicos – disse o prefeito.
O ensino Religioso terá matricula facultativa e estará disponível na grade escolar do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental. A disciplina também poderá ser substituída pelo Ensino de Valores. Para que a lei fosse implementada foi realizada uma pesquisa amostral, onde cerca de seis mil pais foram consultados para identificar o perfil religioso dos alunos das escolas municipais. A subsecretária de Educação, Helena Bomeny, explicou que até fevereiro já haverá um panorama da demanda de cada credo.
- Na pesquisa do início do ano percebemos que 42% dos entrevistados seguiam a religião católica, 32% optaram pelo ensino de valores, 23% eram de religiões evangélicas e o restante dos demais credos. Agora, em novembro, faremos uma pesquisa em todo o universo da rede e em fevereiro já teremos todos os dados para saber a demanda específica para cada religião, esclareceu.
Um dos defensores do projeto de Lei, o vereador Reimont Luiz Otoni acredita que o Estado é laico, não ateu. Para ele, o ensino religioso vem agregar os pensamentos das diversas religiões no ambiente escolar, o que contribui para o diálogo e para o progresso na educação dos alunos.
— Vivemos um tempo onde os valores estão muito distantes, há uma desvalorização do que é simbólico na vida. E o ensino religioso vem fazer essa integração. Eu entendo que o ensino religioso é um elemento de costura, que vai traçar a dimensão religiosa no cotidiano da escola, afirmou.
Dom Orani Tempesta parabenizou as autoridades empenhadas na aprovação da lei e defendeu que através do ensino religioso é possível formar valores do transcendente e do respeito às outras religiões.

— Vejo o ensino religioso com muita esperança e alegria. Respeita-se, assim, a opinião e a nação brasileira na sua diversidade. Esse é o modelo de cidade que sonhamos. A escola não deve servir apenas para informação, mas também para formação, opinou o Arcebispo.
Sanção agrada líderes religiosos
Além da religião católica, os colégios da Rede Municipal também vão oferecer aulas sobre as doutrinas evangélica/protestante, afro-brasileira, espírita, orientais, judaica e islâmica. O presidente da Federação Muçulmana do Rio de Janeiro, Sheik Ahamad, também apoiou a criação do ensino religioso — o que para ele é fundamental para quebrar paradigmas relacionados às religiões.
— Desde o inicio, a Federação Muçulmana apoiou esse processo. Acho que acima da tolerância religiosa deve haver um respeito religioso. E trazer esses ideais de respeito, de pluralidade, para o ambiente escolar é sempre muito importante, partilhou.
O reverendo da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil, Daniel Rangel, acredita que a lei do Ensino Religioso é o primeiro passo para a Igreja trabalhar junto da sociedade no incentivo à cultura e educação:
— Durante muito tempo reivindicamos o ensino religioso nas escolas. Essa conquista vai transformar a educação brasileira em uma religião plural, não só no sentido do conhecimento, como no sentido religioso, e vai permitir que Igreja e sociedade trabalhem juntas, opinou.
O vice-presidente da Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro acredita na importância das religiões se expressarem.
— Essa lei representa o respeito religioso. Em um estado onde existe democracia é essencial que todas as religiões tenham voz, afirmou.
A Secretaria Municipal de Educação fará um concurso para a contratação de professores para a disciplina de ensino religioso. Os profissionais deverão ser formados basicamente em História, Geografia, Filosofia/Sociologia e deverão apresentar documento de indicação feito pelos representantes da religião que seguem, como uma confirmação de vivência do credo, para que possam lecionar.

Pesquisar